Marketing

Música Ambiente no Espaço de Trabalho

Nas últimas semanas temos falado da importância da criação de uma identidade musical para marcas, a fim de garantir que a música ambiente esteja sempre alinhada às características, missão e valores do negócio. Abordamos principalmente como a música ambiente pode ser usada como estratégia de marketing sensorial para lojas, restaurantes e estabelecimentos comerciais em geral.


Mas não podemos nos esquecer de que os demais ambientes de trabalho, tais como escritórios, espaços de cowork, clínicas, consultórios médicos, spas, dentre outros, também podem, e devem, se beneficiar da música ambiente para proporcionar experiências agradáveis a funcionários e clientes. É o que vamos abordar nesta semana.


Como a música ambiente pode fazer os seus funcionários trabalharem melhor?

A música se faz presente na vida das pessoas em diferentes momentos inclusive durante o trabalho.


Isto fica claro para quem trabalha em um escritório. Basta olhar ao redor para reparar a quantidade de pessoas que trabalham escutando música em seus fones de ouvido. Provavelmente, elas acreditam que escutar música as fazem se sentir melhor ou mais bem-dispostas para enfrentar a rotina de trabalho. 


E elas estão certas! Já mencionamos anteriormente como a música afeta nosso cérebro. Ao ajudar a liberar hormônios como a dopamina, considerado um dos hormônios da felicidade, uma música ambiente adequada é capaz de proporcionar uma sensação de bem-estar em seus funcionários. E qualquer bom líder de equipa sabe que um funcionário feliz trabalha muito melhor e rende muito mais. 


De acordo com o estudo sobre os efeitos motivacionais da dopamina no cérebro (*), realizado pelo professor de Psicologia John Salamone, da Universidade de Connecticut (EUA), baixos níveis de dopamina fazem com que as pessoas fiquem menos propensas a trabalhar para um propósito. Enquanto que altos níveis de dopamina estão associados a motivação para cumprir tarefas e atingir resultados. Ou seja, tenha uma música ambiente adequada em seu espaço de trabalho e seus funcionários tenderão a estar mais focados em suas atividades.


Importância da música certa para diferentes tipos de trabalho. 

A escolha da música ambiente certa para um espaço de trabalho será determinada pela identidade musical especialmente criada para aquele negócio. Dependendo do seu ramo de atividade a escolha da música terá diferentes finalidades e diferentes benefícios poderão ser alcançados.


Em um escritório com o conceito de open office, onde muitas estações de trabalho estão a partilhar o mesmo espaço, além do benefício direto de melhorar o humor dos funcionários, a música ambiente tende a normalizar os ruídos inerentes ao espaço, tais como toques de telefone e conversas entre colegas.


Já para alcançar o efeito desejado no aumento da produtividade e concentração dos funcionários, é preciso conhecer bem os gêneros musicais que contribuem para esses objetivos. A música instrumental ou o jazz costumam funcionar bem para essa situação.


Ao pensar em outros ramos de atividade como clínicas médicas, a música deve ser selecionada para relaxar pacientes e ajudá-los no controle da ansiedade enquanto aguardam por consultas ou exames médicos.


Já espaços de estética ou salões de cabeleireiros podem se beneficiar de estilos musicais mais estimulantes, de modo que os clientes se distraiam com a música, enquanto esperam o tempo de ativação de sua coloração no cabelo, por exemplo.


Ou seja, a escolha da música ambiente para o seu espaço de trabalho deve ser pensada para proporcionar a melhor experiência aos seus clientes e/ou colaboradores. As peculiaridades de cada espaço e características do tipo de trabalho devem ser sempre consideradas para que a música contribua para a boa produtividade dos funcionários e o bem-estar de clientes e utentes do espaço em questão.


Se você é dono de um negócio, já pensou em como pode melhorar a experiência de funcionários e clientes pelo uso de uma música ambiente alinhada ao seu negócio? Se não sabe como começar, entre em contacto connosco e podemos ajudá-lo. 


* John D. Salamone, Mercè Correa. The Mysterious Motivational Functions of Mesolimbic DopamineNeuron, 2012